Colunistas
Publicado em 12 d Dezembro d 2018

O LARGO DA MATRIZ

por Luiz Chamadoira

Estou em frente a esta praça de minha cidade natal
Mas não é dessa que sinto saudade.
É da outra que está no fundo da minha memória.
Com ela é parecida.
E na qual eu posso ir quando quiser.

Era enfeitada por belas flores
E tinha umas escadarias no topo das quais
Havia a estátua de um homem
Que depois foi removida para uma outra praça .

Era nesta praça que eu brincava
Quando era criança.
Era nela que eu trepava na estátua do homem.
Era nela também que eu ouvia o repicar de sinos

Assim sinto-me um privilegiado
De me lembrei desta outra praça
Da qual pouca gente se lembra.
Uma pequena minoria.

Eu avia lá fora diante de mim
Mas não destruíram esta outra
De um passado distante.
Que poucagente teve o privilégios de conhecer.
E de nela brincar como eu brinquei.


Publicado em 30 d Novembro d 2018

Viagem (continuação)

por Luiz Chamadoira

3 – Pontevedra e Santiago de Compostela
Chegamos ao terceiro e últimocapítulo da viagem que eu e meu irmão Marco empreendemos. Foi uma viagem m maravilhosa na qual eu não tiver trabalho nenhum. O Marco encarregou-se de tudo. Da compra das passagens, da hospedagem, em, preços e tudo mais, enfim.
Depois que nóspartimos de Londres lá pelo dia 18 de outubro, o cidade onde nos hospedamos foi Porto (Portugal) Tivemos de passar em Porto porque lá tinha aeroporto e depois iríamos de trem a uma cidade distante uns cem quilômetros, a cidade de Pontevedra.
Vou explicar agora por que decidimos ir a Pontevedra, uma cidade sem muita importância em termos de turismo, que tem uns 95.000 habitnates.
Mas Pontevedra é mportante para a família Chamadoira porque foi la que nasceu e morou meu avô Constantino Chamadoira. Aos dezoito anos imigrou para o Brasil em busca de trabalho e acabou se casando com minha avó. Vejam como são as coisas, meus caos leitores. Ela era a filha do rico fazendeiro, meu avô João Baptista Silveira Pinto, o famoso João de Nhanhã Meu avô Constantino teve quatro filhos em Atibaia: meu pai (Quitá – João Evangelista, meus tios José, Jaime e minha tia, Maria Aparecida.
Nossa ida a Pontevedra teve etão a finalidade de procurar vestígios da vida de meu avô quando morou nessa cidade. Mas como já faz muitoi tempo que ele veio para o Brasil (mais de um século), mas nunca ninguém ouviu falar dele quando perguntamos aos habitantes da cidade a seu respeito.
A cidade é bonita, principalmente a parte mais antihga com belas construções de pedra, onde não há acesso a carros. Tem cerca de 85.000 habitantes.
com cerda de100.000habitantes. Ficamos apenas uma tarde nessa cidade.. Fomos visitar a sua maior atração turística a maravilhosa catedral de Santigao de Compostela.
Essa igreja tem por padroeiro Santiago, que foi apstótolo de Cristo e foiassassinado pelo imperador romano na Judéia, que o mandou decapitar. Seu corpo foi procurado por muito tempo e depois de ser encontrado teve por consequência a edificação de uma magnifica catedral da qual ele é padroeiro..
São muitas as peregrinações realizadas para essa catedral provenientes de vários países. |Não só de regiões da Espanha, mas também de Portugual França, Inglaterra, Alemanhaetc.Sãoois famosos caminhos de Santiago. São os fsamosos Caminhos de Santiago
E assim no dia 27 de outubro terminamos nossa maravilhosa viagem tendo conhecido quatro cidades da Europa; Londres, Porto, Pontevdra e Santiago de Compostela.
Existem tantas outrs cidades por esse mundo afora
para euconhecer. Nãi sei então se terei de termos de rerornar às cidade onde estivemos nessa viagem.Mas faremos o possível para que isso ocorra.


Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense ©

Rua Deputado Emílio Justo, 280 - Nova Aclimação - Atibaia - SP - (11) 4413-0001