Publicado em 12 d Agosto d 2010

Campanhas para presidente recebem doações pela internet

Sistema de arrecadação de uma das candidatas aceita qualquer contribuição a partir de R$ 5 e segue os melhores padrões de segurança do comércio eletrônico.

As contribuições de várias fontes, pequenas, mas variadas, são fundamentais no aprimoramento da democracia. O candidato deixa de depender somente dos grandes doadores. O sistema de arrecadação de recursos on-line da campanha de Marina Silva à Presidência da República começou a funcionar na sexta-feira à noite. As doações feitas pelos internautas servirão para ajudar a pagar as despesas da campanha. No caso da candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, o sistema de doações pela internet começou na última segunda-feira, 9 de agosto.
A internet permite a multiplicação de pequenas doações. "Muitas pessoas contribuindo com pouco em lugar de poucas contribuindo com muito", disse a candidata. O sistema aceita qualquer doação a partir de R$ 5,00 (cinco reais). Para facilitar, o formulário de doação tem opções de R$ 5, R$ 50 ou de R$ 100 - mas existe lugar para o doador digitar outra quantia caso assim desejar. O sistema pede número do CPF, endereço e telefone, além dos dados do cartão de crédito.
Cada doação registrada produzirá um recibo. Após a doação, o doador receberá um e-mail com instruções para imprimir o recibo. O doador deverá declarar a doação à Receita Federal na sua declaração anual de rendimentos do ano que vem. A campanha informará ao Tribunal Superior Eleitoral os nomes, o CPF e as quantias doadas.
O meio de pagamento é seguro. Segue os melhores padrões da indústria de comércio eletrônico em termos de rapidez e confiabilidade. O site de doações está em ambiente protegido, criptografado. Os dados circulam de forma cifrada pela rede. Além de tudo, o ambiente é certificado pela VeriSign.
A candidata a presidente da República pelo PT, Dilma Rousseff, concedeu entrevista coletiva em que incentivou os eleitores a participar da campanha eleitoral por meio da doação on-line e individual. “É uma forma de doação democrática, muito boa e muito transparente. No Brasil tem essa dificuldade da doação individual. A partir de agora a doação on-line abre uma nova perspectiva de doação", comentou. "E para o PT e para os partidos da minha coligação ela é importante. O PT tem, por exemplo, esse hábito da contribuição, da participação do militante”.
As informações acima estão nos sites do PT (nacional) e PV-(SP). No site do PSDB, até segunda-feira não havia destaque para as doações on-line.

Deixe seu comentário

Para postar um comentário, você precisa de uma conta.
Faça login
ou
Registre-se

Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense ©

Rua Deputado Emílio Justo, 280 - Nova Aclimação - Atibaia - SP - (11) 4413-0001