Publicado em 09 d Outubro d 2017

Time feminino brasileiro é o grande campeão da final mundial da Danone Copa das Nações

As meninas do Centro Olímpico de São Paulo derrotaram as canadenses no maior campeonato de futebol infantil do mundo, e trouxeram o troféu para casa

Time feminino brasileiro

Pela primeira vez na história do torneio, a Danone Copa das Nações coroou dois campeões: um vencedor pela divisão masculina e outro pela feminina. Na disputa entre os meninos, o vencedor foi o time mexicano. Já entre as meninas, o Brasil levou a melhor!

No dia 20 de setembro, as garotas do Centro Olímpico voaram até os Estados Unidos em busca de um sonho: conquistar o campeonato mundial e mostrar do que são capazes. E conseguiram!

Após eliminarem uma a uma as adversárias, as brasileiras disputaram a grande final na tarde de domingo(24/9). Mais de 13.700 espectadores acompanharam a última etapa do Mundial da Danone Copa das Nações 2017, a maior competição de futebol do mundo para crianças de 10 a 12 anos, realizada, este ano, na Red Bull Arena em Nova Jersey, região metropolitana de Nova York (EUA).

Em um jogo muito equilibrado no tempo regulamentar (2 x 2), as meninas do Centro Olímpico venceram o time do Canadá na disputa de pênaltis, por 3 a 2. Para completar o pódio, os EUA ocuparam o terceiro lugar contra a França. É uma aposta segura que a competição feminina da Danone Copa das Nações tenha um futuro brilhante durante as próximas edições.

“Estamos muito felizes por apoiar o futebol feminino em um momento em que a Danone aborda globalmente o tema equidade de gêneros por meio da adesão à campanha He for She, da ONU Mulheres. Esse grande time de meninas brasileiras fez história ao ganhar a primeira edição feminina da Danone Copa das Nações e queremos continuar incentivando crianças a irem em busca de seus sonhos”, afirma Mauro Homem, head de Corporate Affairs da Danone Brasil.

Além do troféu, duas jogadoras do time Centro Olímpico ainda conquistaram prêmios individuais: Maria Eduarda, número 4 do time, foi eleita a melhor jogadora do torneio; e Bruna Hirata, foi consagrada a melhor goleira do campeonato.

O Brasil também foi representado pelo CEU Jambeiro, de Guaianazes, na divisão masculina, juntamente com outras 32 nações A final mundial contou com a presença do CEO global da Danone, Emmanuel Faber, da icônica jogadora americana de futebol Abby Wambach, além de um pocket show da banda DNCE, conhecida pelo hit “Cake by the Ocean”.

A Danone Copa das Nações tem o objetivo de promover a prática esportiva entre crianças de 10 a 12 anos em prol de uma vida mais saudável e há 16 anos no Brasil já envolveu mais de 40 mil jovens nessa missão.

A introdução de um campeonato exclusivamente de meninas também tem como objetivo fortalecer valores de igualdade e diversidade, além de suprir um crescente interesse pelo futebol feminino.

Deixe seu comentário

Para postar um comentário, você precisa de uma conta.
Faça login
ou
Registre-se

Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense © 2010

Rua Rio de Janeiro, 107 - Atibaia Jardim - Atibaia - SP - (11) 4413-0001