Publicado em 18 d Maio d 2017

Cresce número de menores infratores apreendidos

Em março, com relação a fevereiro, houve aumento de 71,4% no total de flagrantes de menores infratores. Há ainda quatro apreensões por mandado.

Imagem

O total de apreensões de menores infratores tem crescido mês a mês em Atibaia. Dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado mostram que foram quatro apreensões em janeiro, sete em fevereiro e 12 em março. Na comparação dos dois últimos meses, o crescimento foi de 71,4%.
Há ainda nas estatísticas de produtividade policial quatro casos de menores infratores apreendidos por meio de mandado judicial. Nos três primeiros meses do ano já são 27 apreensões (23 em flagrante e quatro por mandado). No ano passado, houve ainda mais apreensões que em 2017. Entre janeiro e março foram 27 e nos 12 meses, chegou a 115.
Nos boletins de ocorrência registrados na delegacia, é comum ter menores envolvidos com tráfico, furto ou roubo.
Mas a produtividade policial não trouxe resultados apenas na apreensão de menires infratores. Houve 14 registros de porte de entorpecentes, 54 de tráfico de drogas, quatro de porte ilegal de arma de fogo, 18 armas apreendidas, 154 flagrantes lavrados, 187 pessoas presas em flagrante, 53 por mandado, 207 prisões efetuadas, 55 veículos recuperados e 416 inquéritos policiais instaurados.
Com relação aos crimes, há certa estabilidade na maioria dos registros. Furto e furto de veículos, no entanto, cresceram em março com relação a fevereiro.
Desde janeiro, houve dois homicídios na cidade (os dois em janeiro, fevereiro e março não registraram assassinatos), sete homicídios culposos por acidente de trânsito, oito tentativas de homicídio, 15 estupros, sendo seis de vulnerável, 184 roubos, 29 roubos de veículos, 19 roubos de carga, 474 furtos e 70 furtos de veículos.
O número de furtos de veículos, por exemplo, cresceu 31% entre fevereiro e março. O total de furtos aumentou 19% de um mês para o outro e os roubos de veículos subiram 75% entre fevereiro e março.
Recorde de flagrantes de tráfico
Os resultados da estatística mensal apresentados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo mostram que, no interior, houve recorde de flagrantes de tráfico de drogas, tanto no mês quanto no primeiro trimestre do ano. Em março, houve aumento de 237 casos, o que representa 8,87% a mais. O indicador passou de 2.671 para 2.908 ocorrências.
No comparativo acumulado, o aumento foi de 1,83%, com 147 casos a mais. Foram 8.175 flagrantes neste ano, contra 8.028 no primeiro trimestre do ano passado.
Foram realizadas 27.950 detenções no trimestre. É o segundo maior valor para o indicador desde o início da série histórica, que começou em 2001.
Em março, houve 10.018 prisões. É o segundo maior número para um mês de março desde 2001.
Com relação a homicídios, houve redução de 7,93% nos casos de homicídios dolosos no mês de março deste ano, se comparado com o mesmo mês do ano passado. A queda, de 13 ocorrências, fez o indicador passar de 164 para 151 - o menor valor desde 2008.
No mesmo comparativo, o número de vítimas de homicídio diminui em 6,51%. Foram 158 vítimas em março deste ano, contra 169 no terceiro mês de 2016. Com as reduções, a taxa de homicídios caiu para 8,26 casos e 8,66 vítimas por 100 mil habitantes.
Considerando os três primeiros meses, a redução de mortes intencionais foi de 4,98%, com 24 casos a menos. Em 2016, houve 482 ocorrências no primeiro trimestre, contra 458 deste ano. Em relação às vítimas, a queda foi de 1,01%, com 5 vidas poupadas.

O Atibaiense - Da redação

Deixe seu comentário

Para postar um comentário, você precisa de uma conta.
Faça login
ou
Registre-se

Enquete

  Você acha que a Prefeitura deveria reformar novamente a Praça da Matriz e a rua José Lucas? (Sem causar transtornos ao comércio)

SIM
NÃO

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense © 2010

Rua Rio de Janeiro, 107 - Atibaia Jardim - Atibaia - SP - (11) 4413-0001