Publicado em 21 d Janeiro d 2019

Polícia destrói 4,6 toneladas de maconha de mega-apreensão em Atibaia

Droga foi queimada em forno de empresa no bairro Ponte Alta, em Atibaia, menos de 24 horas após o flagrante.

Foto Lucas Rangel - Tv Vanguarda

As 4,6 toneladas de maconha apreendidas pela polícia em Atibaia foram incineradas em uma fábrica metalúrgica na tarde de sexta-feira (18) - a ação ocorreu menos de 24 horas após a mega apreensão. Oito pessoas estão presas.
Para fazer a destruição do entorpecente, a polícia recebeu a autorização da Justiça. O transporte da droga foi feito em um caminhão, que contou com escolta de 10 viaturas da polícia para ser levada à empresa.
O trajeto foi feito pela rodovia Dom Pedro 1º. O caminhão que levou a droga foi cedido pela prefeitura de Atibaia.
Na fábrica onde a droga foi queimada, foram usados guindastes para levar a droga em remessas, do caminhão ao forno.

O caso
Na noite de quinta-feira, dia 17, a polícia de Atibaia apreendeu 4,6 toneladas de maconha no bairro Chácaras Fernão Dias. A droga havia acabado de chegar em uma carreta e seria descarregada em um pesqueiro na Estrada Velha de Bragança Paulista, bairro Chácaras Fernão Dias.
De acordo com a Polícia Militar, uma denúncia anônima foi feita e o denunciante dizia que havia uma movimentação
estranha de pessoas no pesqueiro, ao tentarem estacionar uma carreta.
Várias viaturas foram para o local. O portão do pesqueiro estava parcialmente aberto e os policiais entraram.
Em um galpão estava uma carreta e diversas pessoas descarregando a carga.
Ao verem a polícia, todos tentaram fugir e foram detidos. Eram sete homens, uma mulher e, junto com eles, havia duas crianças, de 11 e 12 anos. A polícia então viu que a carga que estava sendo descarregada era de centenas de tijolos de maconha prensada. O entorpecente estava embaixo de uma carga de grãos de milho.
A polícia deu voz de prisão aos oito adultos, que foram autuados em flagrante. Entre os presos, três são moradores de São Paulo, três de Ponta Porã (MS) e dois presos são de Atibaia.
As duas crianças ficaram sob cuidados do Conselho Tutelar.
No pesqueiro estavam três veículos, sendo um deles blindado e com sistema de sirene instalado. Tanto os carros como a carreta foram apreendidos e recolhidos no pátio do guincho unificado.

Deixe seu comentário

Para postar um comentário, você precisa de uma conta.
Faça login
ou
Registre-se

Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense ©

Rua Deputado Emílio Justo, 280 - Nova Aclimação - Atibaia - SP - (11) 4413-0001