Publicado em 27 d Setembro d 2018

Casos de dengue dobram e voltam a preocupar o Estado de São Paulo

No ano passado, o número de casos caiu para 6.269.

Mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença.

O presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa afirmou na quarta-feira (26) que o número de casos de dengue no Estado de São Paulo passou de quatro mil, entre janeiro e agosto de 2017, para 8,9 mil no mesmo período deste ano (números aproximados). Os dados constam de relatório encaminhado à Assembleia Legislativa.
Apesar da alta expressiva registrada pela Secretaria de Estado da Saúde, os casos de dengue mostram trajetória de queda ao longo dos últimos anos. Em 2015, por exemplo, houve 678.031 registros da doença e, em 2016, 162.947. No ano passado, o número de casos caiu para 6.269. Diferentemente do que ocorre em São Paulo, nos demais Estados os casos de dengue vêm caindo desde o ano passado.
"Até 11 de agosto deste ano, foram notificados 193.898 casos, com redução de 5,1% em relação ao mesmo período de 2017, informou o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) da Secretaria de Estado da Saúde. Na prática, significa que todos, o governo e a sociedade civil, devemos continuar e intensificar com o combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença”, comentou.
O presidente informou ainda que, neste ano, a doença provocou 92 mortes, número inferior em 39% ao do mesmo período do ano passado. “O trabalho de campo para combate ao mosquito Aedes aegypti, conforme declarou a própria Secretaria de Estado da Saúde, é de responsabilidade dos municípios. Mas todos devemos nos conscientizar e até denunciar locais que possam servir de criadouro.”
Por fim, declarou ter reiterado à Secretaria o apoio para as atividades municipais a fim de garantir o menor número do registro de casos da doença. “O Estado tem auxiliado os municípios permanentemente, inclusive por meio da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen). Cabe à Superintendência o apoio e as orientações para desenvolvimento de estratégias, com base no monitoramento.”

Deixe seu comentário

Para postar um comentário, você precisa de uma conta.
Faça login
ou
Registre-se

Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense ©

Rua Deputado Emílio Justo, 280 - Nova Aclimação - Atibaia - SP - (11) 4413-0001