Publicado em 17 d Dezembro d 2018

Santa Casa é o ponto estratégico regional no caso de acidente com animais peçonhentos

Todas as espécies de escorpiões possuem veneno e podem injetá-lo para capturar suas presas, por meio do ferrão localizado na extremidade do telson (cauda).

Escorpião

A chegada do verão, com temperaturas mais altas e maior probabilidade de chuvas, favorece o surgimento de um animal que pode representar um risco para a saúde das pessoas: o escorpião. Dessa forma, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, destaca as condutas e recomendações que ajudam a evitar o surgimento e a permanência de escorpiões em áreas urbanas e, principalmente, dentro de residências.
Todas as espécies de escorpiões possuem veneno e podem injetá-lo para capturar suas presas, por meio do ferrão localizado na extremidade do telson (cauda). Os escorpiões não atacam o homem intencionalmente, e os acidentes geralmente ocorrem no momento em que o indivíduo encosta a mão, o pé ou outra parte do corpo no animal.
O ambiente natural modificado pelo desmatamento e pela ocupação do homem causa uma quebra na cadeia alimentar do escorpião, acabando também com seus locais de abrigo. Com a escassez de alimento, o escorpião passa a procurar comida e abrigo em residências, terrenos baldios e áreas de construção. Locais onde há acúmulo de matéria orgânica, entulhos, lixos, depósitos e armazéns atraem baratas pela disponibilidade de alimento e umidade, e os escorpiões têm por alimento principal justamente as baratas, portanto se deslocam aos lugares onde elas aparecem em abundância. É por esse motivo que os escorpiões surgem com tanta frequência dentro das residências. Comumente, os locais onde há proliferação intensa de escorpiões possuem um histórico de presença abundante de baratas.
Os grupos mais expostos ao risco são os de pessoas que atuam na construção civil, assim como crianças e donas de casa, que permanecem mais tempo no domicílio. Ainda nas áreas urbanas, estão sujeitos os trabalhadores de madeireiras, transportadoras e distribuidoras de hortifrutigranjeiros, por manusear objetos e alimentos onde os escorpiões podem estar alojados (escondidos).
Os escorpiões procuram alimento durante a noite, podendo entrar nas residências por meio de tubulações para fiação e encanamentos de esgoto, além de frestas de paredes, portas e janelas. Eles podem evitar a claridade do dia em lugares escuros e escondidos, como dentro de calçados, armários, gavetas, panos e toalhas em áreas de serviço e banheiros.
Se uma pessoa for picada por um escorpião em Atibaia, a orientação é de se dirigir imediatamente à Santa Casa de Atibaia, ponto estratégico de referência para que um tratamento adequado seja instituído em caso de acidentes com animais peçonhentos (cobras, aranhas e escorpiões).
A picada de um escorpião causa muita dor e pode representar sérios riscos à saúde, inclusive de morte. A Santa Casa de Atibaia fica na Praça Miguel Vairo, nº 104, Centro. Já a Secretaria Municipal de Saúde de Atibaia fica na Rua Bruno Sargiani, nº 100, Vila Rica. Telefone: (11) 4414-2220.
Confira orientações importantes sobre escorpiões no site da Prefeitura - www.atibaia.sp.gov.br .

Deixe seu comentário

Para postar um comentário, você precisa de uma conta.
Faça login
ou
Registre-se

Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense ©

Rua Deputado Emílio Justo, 280 - Nova Aclimação - Atibaia - SP - (11) 4413-0001