Publicado em 14 d Novembro d 2017

Milícia da Imaculada comemora 30 anos no Brasil

Obra católica presente em todo o país teve sua história iniciada em São Paulo

Papa Francisco

Neste dia 14 de novembro, a Milícia da Imaculada completa 30 anos no país e a Obra celebrará com o Diga Sim à Evangelização, uma campanha anual em que a Rádio Imaculada Conceição 1490 AM faz uma programação especial durante as 24 horas do dia, com a participação de bandas católicas, sacerdotes e também dos ouvintes. Além disso, haverá a Santa Missa às 11h no Santuário Imaculada Conceição e São Maximiliano Maria Kolbe (localizada na Estrada Morro Grande, 870 - Bairro dos Finco - Riacho Grande - São Bernardo do Campo-SP).

Fundada por São Maximiliano Kolbe no ano de 1917, em Roma (Itália), a Milícia da Imaculada é uma Associação de Fiéis, Pública e Internacional de Direito Pontifício, que tem como missão conquistar o mundo inteiro a Cristo pela Imaculada através dos meios de comunicação social.

Esse sonho se expandiu e chegou ao Brasil por meio do coração dos Franciscanos Conventuais, que começaram esta missão na Diocese de Santo André, em 1949, com Frei Vitório Valentini e Frei Marino Temporin, difundindo a Consagração a Nossa Senhora. Já em 1985, um grupo de leigos, juntamente com Frei Sebastião Benito Quaglio, começou a publicar folhetos que falavam da espiritualidade da MI. Eram folhas mimeografadas e dobradas, a princípio um material muito simples, mas que foi crescendo e se tornaram pequenas revistas chamadas de Cadernos mariológicos. Foi então que em 14 de novembro 1987, a MI foi oficialmente fundada no município de Santo André (SP).

Os anos foram passando e a Obra crescia cada vez mais, mas Frei Sebastião queria ir além e um dia se perguntou como seria possível levar a Boa Nova ao maior número de pessoas possíveis de forma rápida. Foi então que a resposta veio rapidamente: pelas antenas do rádio! Foi assim que a primeira emissora da Fundação Padre Kolbe de Rádio e TV nasceu com o programa “Consagração a Nossa Senhora”, de apenas cinco minutos durante a madrugada na antiga Rádio Mauá, em março de 1988.

Em 1995, a Milícia da Imaculada comprou a emissora, com o apoio das dioceses de Santo Amaro e de Santo André, ambas em São Paulo. Em outubro de 1998, ela passou a ser chamada e conhecida como Rádio Imaculada Conceição 1490 AM, utilizando o slogan “O Evangelho em Primeiro Lugar”. Já em 1999, a Obra foi para os televisores de Campo Grande (MS), ao adquirir a TV Imaculada Conceição.

Atualmente, a MI tem sua sede localizada na cidade de São Bernardo do Campo – SP (onde estão os estúdios da Rádio Imaculada Conceição 1490 AM, para Grande SP, e geradora de programação para a Rede Milícia Sat, e o Santuário Imaculada Conceição e São Maximiliano Maria Kolbe), além das filiais em Atibaia-SP (107,1 FM), Bilac-SP (890 AM), Campo Grande-MS (580 AM e TV Imaculada Conceição canais 15 UHF e 21 Net), Dourados-MS (1060 AM), Maceió-AL (1320 AM) e São Roque-SP (1430 AM). A internet e as revistas O Mílite (criada em 1994) e O Pequeno Mílite (criada em 2014) também fazem parte dos instrumentos utilizados na evangelização.

Relembrando toda a história, Frei Sebastião Benito Quaglio, presidente da Milícia da Imaculada, afirma que tem um grande sentimento de gratidão. “Eu diria que foram 30 anos de amor, de dedicação, de conquistas, de solidariedade. Eu descobri nos leigos uma força inimaginável e muito bonita. Eu testemunhei isso no meu encontro com o Papa Francisco, ele abençoou a nossa Obra e a todos os brasileiros, me dizendo que os leigos são o povo de Deus, a Igreja de Cristo, a força do Evangelho. E é incrível lembrar como esse milagre chamado Milícia da Imaculada aconteceu... No dia a dia os caminhos foram se abrindo, fomos vencendo cada dificuldade para fazer Jesus Cristo conhecido e amado, com a intercessão de Nossa Senhora. Eu agradeço muito aos bispos que nos receberam e deram condições para trabalharmos na Diocese de Santo André; e também aos demais bispos do Brasil, a todos os sacerdotes, religiosos e religiosas, leigos e leigas. Se eu pudesse dizer muito obrigado ainda seria pouco! Tudo isso que foi feito até hoje não pertence a mim, pertence a todas essas pessoas”.

Deixe seu comentário

Para postar um comentário, você precisa de uma conta.
Faça login
ou
Registre-se

Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense © 2010

Rua Rio de Janeiro, 107 - Atibaia Jardim - Atibaia - SP - (11) 4413-0001