Publicado em 05 d Dezembro d 2017

Campanha defende a volta da palavra “amor” à bandeira do Brasil

Em Atibaia, há adeptos do movimento

Bandeira

Campanha nas redes sociais está defendendo a volta da palavra “amor” à bandeira do Brasil. Em Atibaia, há adeptos do movimento, que estão estimulando amigos à participação na iniciativa. Existe um site, o http://incluaamornabandeira.org/, que recebe assinaturas de adesão. Prem Baba, líder humanitário com trabalho em Nazaré Paulista, cidade vizinha de Atibaia, está apoiando a campanha.
O artista Xico Chaves se juntou ao coro dos que defendem a reinserção da palavra amor na bandeira nacional. O compositor Jards Macalé é o idealizador da campanha. “Neste momento em que o povo brasileiro toma consciência desta lacuna, é uma boa lembrança”, disse Xico. A proposta é mera “correção”, pois a frase original do filósofo Auguste Comte, pai do positivismo, é “o amor por princípio, a ordem por base e o progresso por fim”. Assim, ficou faltando “amor” no lema de nossa bandeira.

O TRIPÉ ORIGINAL
Entre os ideais do positivismo, estavam o altruísmo e a busca pelo conhecimento científico. Sem o tripé original na bandeira, acreditam apoiadores da campanha, “tentou-se tirar o equilíbrio que nos pertence. Falta amor ao próximo em nosso país, respeito ao direito do outro. Toda essa falta de respeito e violência, principalmente contra as crianças, essa cultura da corrupção (praticada pelo cidadão comum mesmo), a falta de cuidado uns com os outros, resultam em um lugar desumano, como se mostra o Brasil. Precisamos de uma sociedade que expresse mais amor em tudo”.
No início de novembro, o designer alemão naturalizado brasileiro Hans Donner, conhecido por seu trabalho na Rede Globo (aberturas de programas e novelas), apresentou, durante o Fórum do Amanhã, em Tiradentes (MG), um projeto para modificar a bandeira do Brasil, de acordo com reportagem do Uol. O projeto começou a ser concebido há mais de dez anos. A intenção agora é começar a trabalhar para que seja enviado ao Congresso para ser implementado.
UMA NOVA VISÃO DO PAÍS
De acordo com Donner, a meta é sinalizar uma nova visão de país. Além do uso de tons de verde e amarelo em degradê, o projeto prevê modificar o sentido da faixa branca e inserir a palavra “amor” antes do lema “Ordem e Progresso”. Os organizadores do Fórum do Amanhã disseram que é um movimento cívico, independente de partidos e ideologias.
“Queremos atualizar a nossa bandeira para que reflita uma nova visão de país e a crença num futuro melhor. Para gerar um sentimento mais positivo”, diz a entidade. A expectativa é conseguir 100 mil assinaturas e, depois, enviar a proposta de mudança ao Congresso Nacional.
Em 2003, projeto de lei foi apresentado na Câmara dos Deputados com a inclusão da palavra “amor” na bandeira nacional. A iniciativa, no entanto, está parada, aguardando aprovação na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC).

Deixe seu comentário

Para postar um comentário, você precisa de uma conta.
Faça login
ou
Registre-se

Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense © 2010

Rua Rio de Janeiro, 107 - Atibaia Jardim - Atibaia - SP - (11) 4413-0001