Publicado em 10 d Janeiro d 2018

Trio Brasileiro é indicado ao Grammy 2018

Premiação acontece no próximo dia 28; irmãos Douglas e Alexandre Lora moram em Atibaia

Os irmãos Douglas e Alexandre Lora moram em Atibaia - Foto - Nacy Adler/divulgação

Com toda a beleza e a poesia do choro, o Trio Brasileiro concorre ao prêmio de melhor Álbum de World Music, no 60th GRAMMY AWARD. A indicação é pelo disco Rosa dos Ventos, gravado em parceria com a clarinetista israelense Anat Cohen. O Trio Brasileiro - presente entre os únicos três brasileiros indicados ao prêmio nesta edição - é formado por dois músicos paulistas e um brasiliense. Juntos, atuam com destaque no cenário internacional em Festivais, salas de concertos e clubes de jazz nos Estados Unidos, Europa e América Latina. A cerimônia de premiação do GRAMMY acontece no dia 28 de janeiro, no Madison Square Garden, em Nova Iorque.
O disco que concorre ao GRAMMY foi eleito um dos 20 melhores pela Downbeat Magazine - uma das mais influentes e respeitáveis publicações de jazz dos Estados Unidos.
Antenados da música instrumental e de boa qualidade conhece os nomes que compõem o trio de longa data. Com mais de 20 anos de estrada, o violonista de sete cordas Douglas Lora é integrante do premiado Brasil Guitar Duo. Dudu Maia é um dos mais importantes bandolinistas do Brasil, tendo desenvolvido sua própria metodologia para ensinar a tocar o instrumento pelo mundo. Já Alexandre Lora é o pandeirista do trio e passeia pelos diversos estilos musicais na percussão. Nos últimos anos tem se destacado no Hand Pan.
Alexandre e Douglas são irmãos e conheceram o brasiliense Dudu Maia há 15 anos em Caraíva (BA) onde tocaram juntos. “Desde que nos conhecemos, temos procurado motivos para nos reunir e fazer música juntos. Com a indicação ao GRAMMY, a sensação que temos é de que realmente foi um encontro muito especial que aconteceu há exatos 15 anos”, afirma Dudu Maia.
No álbum Rosa dos Ventos, os músicos se uniram à consagrada clarinetista israelense Anat Cohen. Esta é a segunda vez que os quatro músicos gravam juntos. O primeiro disco intitulado Alegria da Casa (2014), mistura obras próprias com interpretações de grandes compositores de choro.
No disco que concorre ao GRAMMY, o grupo presenteia o público com composições próprias, nas quais a sonoridade e as melodias são palpáveis e límpidas, um deleite para os ouvidos e corações. São notadas nuances entre o choro tradicional e o ousadamente moderno. No trabalho, há sutis influências da música nordestina, rock, música latina, rumba e jazz. A improvisação, virtuosismo e groove, típicos do choro tradicional, estão sempre presentes nas doze faixas do álbum.
“Cada um de nós trouxe três ou quatro músicas, trocamos as partituras das mais difíceis para a gente estudar com antecedência. Os arranjos foram feitos em conjunto. Para o Rosa dos Ventos, ficamos uma semana de imersão no estúdio do Dudu Maia e a cada dia aprendíamos duas ou três músicas e gravávamos em seguida”, explica Douglas Lora.
Apesar da surpresa inesperada, o trio se sente maduro para a premiação. “Recebemos a indicação ao GRAMMY com enorme satisfação porque é o resultado de anos de dedicação, estudo e uma grande sintonia entre irmãos e amigos de longa data”, salienta Alexandre Lora.

Conheça quem é quem
Douglas Lora é compositor e violonista. Membro do premiado Brasil Guitar Duo, se apresentou ao lado de nomes como Yo Yo Ma, Paquito D’Rivera, Marina Piccinini, Jovino Santos Neto, entre outros. Com uma agenda de turnês frequentes aos Estados Unidos, Europa e Ásia, o violonista já se apresentou em salas consagradas como Carnegie Hall, em NYC e Concert Gebouw, em Amsterdam, e se estabelece como um dos artistas mais proeminentes de sua geração. Em 2016, a gravação da obra completa de Leo Brouwer pelo Brasil Guitar Duo rendeu ao compositor uma indicação ao GRAMMY Latino.

Dudu Maia se destaca no Brasil e no exterior trabalhando como instrumentista, compositor e produtor musical. Seu talento conquistou a atenção de nomes consagrados da música brasileira e internacional. O bandolinista já se apresentou ao lado de Zélia Duncan, Marco Pereira, Hamilton de Holanda, Martnália, Dominguinhos, Anat Cohen, Mike Marshall e David Grisman, entre outros. Viaja com frequência em turnês pela América do Norte e Europa, aonde já realizou centenas de shows e workshops.

Alexandre Lora transita facilmente entre os diferentes estilos da música popular brasileira e da world music, atuando como percussionista e solista de Hand Pan. Já se apresentou ao lado de músicos como Anat Cohen, Martin Fondse, Jovino Santos Neto,Mestrinho, Ramón Valle, Mariana Aydar e Brasil Guitar Duo. É pós-graduado em música, ministra workshops e se apresenta em palcos do mundo todo.

Deixe seu comentário

Para postar um comentário, você precisa de uma conta.
Faça login
ou
Registre-se

Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense © 2010

Rua Rio de Janeiro, 107 - Atibaia Jardim - Atibaia - SP - (11) 4413-0001