Publicado em 29 d Janeiro d 2019

Duplicação da Jerônimo de Camargo deve começar em fevereiro

“A população sempre pleiteou a duplicação da Jerônimo de Camargo, imaginando os benefícios para a mobilidade urbana em Atibaia, já que esta é uma via de fundamental importância para a cidade.

Avenida Jerônimo de Camargo

O prefeito Saulo Pedroso prepara, neste exercício de 2019, o início e a entrega de diversas obras, marcando o terceiro ano de sua administração. A informação nesta semana era de que ele fará o anúncio dessa programação na próxima semana. Com as exonerações em curso e uma nova reforma administrativa para desembarcar na Câmara, a equipe do primeiro e segundo escalões passa por grandes transformações.
Como o jornal O Atibaiense antecipou em dezembro, 2019 começou com alguns entraves na máquina pública devido à decisão judicial para exoneração dos cargos de confiança. São 145 cargos comissionados e outros 216 designados (funcionários de carreira que ocupam cargos em comissão e terão portarias revogadas, voltando aos cargos de origem). A exoneração de todos foi estimada em cerca de R$ 1,5 milhão, considerando as rescisões.

NOVO ORGANOGRAMA
A expectativa de Saulo é de que a Câmara aprove o projeto de lei criando o novo organograma. A previsão é de que a Prefeitura trabalhe cerca de 45 dias sem contratação para que o caixa recupere o valor das rescisões. O caixa municipal perdeu a parcela de janeiro referente ao IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de 2019. Os carnês devem chegar na próxima semana, com 11 parcelas mensais para quem não pagar à vista.
A duplicação da Avenida Jerônimo de Camargo foi avaliada em R$ 10 milhões. O financiamento foi confirmado em novembro em reunião na Agência de Desenvolvimento Paulista – Desenvolve SP, instituição do governo paulista. A agência aprovou toda a documentação entregue pela Prefeitura. Com a validação dos documentos, eles foram encaminhados à Secretaria do Tesouro Nacional para aprovação e formalização do financiamento.

CONTEMPLA
INOVAÇÕES
“A população sempre pleiteou a duplicação da Jerônimo de Camargo, imaginando os benefícios para a mobilidade urbana em Atibaia, já que esta é uma via de fundamental importância para a cidade. Mas essa é uma obra que vai muito além, pois o projeto também contempla inovações como a implantação de ciclovia, espaço tão desejado pelos munícipes, e paisagismo, embelezando todo o trajeto a ser duplicado”, salientou o prefeito.
Em 2014, a obra chegou a ser dimensionada de forma ampliada, contemplando pavimentação, repavimentação e drenagem da antiga faixa da Estrada de Ferro Bragantina – Ramal Piracaia – por onde corre a Avenida Jerônimo de Camargo, no trecho entre a D. Pedro e São João. A avenida, com cerca de 3.916 metros de comprimento (pouco menos de 4 km), teria pista dupla em dois sentidos, com duas faixas de rolamento de 3,25 m em cada pista. Havia ainda previsão de canteiro central, com 13 rotatórias..

1 comentário

Glauco Vasco Carvalho do Amaral Pinto disse:
30 d janeiro d 2019, 20:49:34

Será que vai rolar esta beleza toda !!!
Vamos aguardar !

Deixe seu comentário

Para postar um comentário, você precisa de uma conta.
Faça login
ou
Registre-se

Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense ©

Rua Deputado Emílio Justo, 280 - Nova Aclimação - Atibaia - SP - (11) 4413-0001